• Susana de Sousa

A Lua Nova da Profundidade


A Lua Nova de 6 de Outubro (12h05 em Portugal) vem falar-nos de um ciclo que requer esforço, mas cuja profundidade poderá vir a concretizar-se em ações com grande impacto individual e colectivo. A tendência será olhar para o futuro, em busca de soluções que melhorem a nossa vida material.


Sol, Lua e Marte encontram-se no Centro Esplénico, na porta da Profundidade. Também designada por “O Poço”, esta é uma porta misteriosa que nos dá acesso a soluções vitais que permitem aperfeiçoar o mundo.


Tal como num poço é necessário que alguém puxe a água para a superfície, também internamente há que saber aguardar que esta profundidade intuitiva seja puxada. Na espera, contudo, surge um sentimento de inadequação, por acharmos que não temos forma de explicar as nossas soluções.


Conseguimos ver o padrão e o modo de melhorar a sua aplicação no mundo, mas podemos não ter forma de trazê-lo à superfície. Dessa profundidade, emerge um medo que nos pode deixar sem capacidade de ação.


O Centro Esplénico é um centro de consciência instintiva e alberga medos muito primitivos. O medo de inadequação e o medo do amanhã podem paralisar-nos, com a Lua a tentar manter-nos protegidos devido à sua insegurança.


Será que o novo padrão irá mesmo funcionar? Será que temos um gosto por este talento que emerge? Identificamo-nos verdadeiramente com ele?


Planeamos tudo cuidadosamente, como forma de mascarar o medo de avançar, o medo de que os outros não reconheçam a nossa profundidade. Ou o medo de não conseguirmos retirar do poço a sabedoria que é necessária para o processo de correção.


“A porta 48, a porta do poço, a porta da profundidade profunda, é na verdade uma porta de soluções. É uma porta de magia negra. É a mais frustrante de todas as portas.


Essa porta 48 está ali sentada a dizer “eu tenho a solução; eu tenho a solução”, e sente-se profundamente inadequada se não consegue fazer com que essa solução seja experimentada. “Por favor, dêem-me palha suficiente, eu transformo-a em ouro.” Sim, sim, sempre à procura da energia.” Ra Uru Hu


No entanto, Marte vem dar um impulso para a ação, que pode ser o catalizador de uma nova direção potenciada pela nossa energia vital e guiada pela intuição. A voz subtil do Centro Esplénico simplesmente “sabe”, e esta lunação oferece-nos uma força carismática que permite traduzir essa sabedoria em ação pura no agora.


Essa força de ação pode ser tão intensa, que nos esquecemos de seguir a nossa Estratégia de Vida e de escutar a nossa Autoridade. Estamos cansados de ver que as coisas não avançam. Estamos frustrados por ver que as soluções da nossa profundidade estão a ser ignoradas.


A energia subitamente encontra um escape e quer aproveitar, a todo o custo. Só que pode tornar-se num míssil sem direção. Aproveitá-la da forma correta implica respeitar o funcionamento da nossa forma única e diferenciada.



Eu e o outro


A energia individual está em força neste novo ciclo lunar. Sentiremos uma tendência para estarmos mais auto-absorvidos, egoístas e auto-suficientes. A melancolia pode fazer-se sentir, sem razão aparente (ela não precisa de razões). Sabes como lidar com ela? Podes ver como neste artigo.


Contudo, o Sol, a Lua e Marte, estão a procurar identificar o “outro” que os pode ajudar a puxar a profundidade e a partilhar soluções viáveis. Trata-se de uma dança entre o “eu” e o “outro”, em que não nos podemos esquecer das necessidades da sociedade.


Num pulso, podem rodar as chaves que nos levam em direção ao nosso propósito, e as regras da dança podem mudar. Podemos tomar consciência de que os outros, afinal, não possuem os dons e capacidades que tínhamos imaginado.


Se esta descoberta for alimentada com arrogância, que o seja para que encontremos o caminho correto, aquele que é intrinsecamente nosso, que nos preenche com os mais belos sonhos e sentimentos.


Há uma forma de egoísmo iluminado, quando o “eu” decide que irá respeitar a sua autenticidade a todo o custo.


Essa escolha fá-lo mergulhar na profundidade, e as bênçãos que dela retira podem ajudar outros a encontrar a sua direção, mesmo que a intenção inicial seja individual e egoísta.


É que no fundo do poço se encontra o portal para o absoluto, tal como no alto da montanha mais elevada.


A maior heresia destes novos tempos talvez seja ignorar a voz alheia que exige que todos sejamos iguais. Seguir o instinto enraíza-nos numa força de vontade objectiva que pode penetrar o poder carismático na sua profundidade, permitindo-nos seguir a batida da nossa essência mais pura rumo à sua direção, beleza e amor.


Este é o verdadeiro empreendedorismo: conhece a tua profundidade e usa o teu poder para trazê-la à manifestação, sem te importares com as expectativas dos outros acerca de ti.


A Lua Nova estará numa linha 5, pelo que é possível que os outros projectem algo irrealista em ti ou tu projectes algo neles. Não te percas nesse campo de projecções. Procura a tua verdade interna. Plutão tem estado a ajudar-nos nessa busca, e nesta lunação irá impulsionar o movimento para externalizar essa verdade inspiradora, individual e única.


Nesse processo de autenticidade, irás encontrar a solução de que precisas e atrair as pessoas certas para contigo dançarem na batida fértil da Vida.


A chave para conseguires fazê-lo é muito simples: segue a tua Estratégia de Vida e Autoridade.



Palavras-chave da linha 5: heresia, universalização, sedução, praticidade, projecção, salvação, desconfiança, rebeldia, atractividade, o General.



Regressa a ti!


O Human Design tem para te oferecer um caminho de regresso ao teu Ser autêntico. É um conhecimento profundo, lógico, e muito revelador.


Deve ser transmitido através da voz, pois é um conhecimento que trabalha a nível celular. A frequência correta irá potenciar o teu despertar, pelo que é necessário que encontres a voz certa para ti.


Esta é uma jornada digna de heróis e heroínas que se cansaram de viver uma vida sem propósito, uma vida cheia de máscaras e sem autenticidade.


A maior parte das pessoas que se inicia neste processo já tentou muitos sistemas e teorias, mas sente que lhe falta uma peça fundamental. Para mim, essa peça é a inovadora "Estratégia de Vida e Autoridade", que funciona como uma chave mágica que abre todas as portas.


Vem descobrir a tua na...


>>> jornada de autoconhecimento com o Human Design


Desejo-te uma excelente e mágica lunação!



* a Mandala e o Rave Bodygraph são marca registada da Jovian Archive.

 

>> Subscreve aqui a newsletter do YourSELFStory para receber conteúdos exclusivos.

O que dizem desta newsletter:

"Cada newsletter é sempre uma boa surpresa e escrita numa linguagem doce e maravilhosa que nos enche a alma."

“Tanta LUZ!”

"Ler esta newsletter é um bálsamo para a alma e um elixir de renovação para o coração!"

“Espectacular!”

“Obrigada por seres este veículo de descoberta e autoconhecimento.”

“Wow! Adorei!”

“Susana, todas as suas mensagens vêm mesmo no momento certo.”

“Emocionante.”

“Estás a funcionar como um despertador!”

“Lindo!”

54 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo