• Susana de Sousa

Human Design - uma revolução silenciosa

À medida que temos vindo a criar um mundo com base nas nossas construções mentais, vamo-nos enterrando numa realidade sintética, distante daquilo que é a verdadeira natureza do Ser Humano.


Segundo a óptica do Human Design, a nossa energia movimenta-se internamente através de nove centros energéticos que estão ligados entre si por canais. A força vital de cada ser humano é diferenciada consoante as ligações que são ativadas no momento do nascimento (no nosso consciente) e cerca de três meses antes (no nosso inconsciente). Em cada pessoa, os centros e canais irão funcionar de forma única, fixando algum tipo de energia e deixando margem para inputs externos.


Apenas três desses centros energéticos são centros de consciência:

  • o Centro Ajna, que representa a consciência mental;

  • o Centro Esplénico, que representa a consciência corporal;

  • o Plexo Solar, que representa a consciência emocional e que se está a desenvolver como centro de consciência do espírito.


O Centro Ajna, neste momento, é como um velho rei que foi deposto mas que ainda crê que governa. Não percebeu que o reino se move de forma orgânica, sem necessidade da sua intervenção.


No entanto, este rei é muito útil, pois conhece certos procedimentos que são necessários para implementar os processos que decorrem no reino.


Este velho rei, que representa a Mente, não pode decidir quando é altura de assinar um acordo com um reino vizinho ou quando é o momento de organizar uma celebração. Apenas pode orientar os seus súbditos quanto à melhor forma de implementar os acordos ou de embelezar as celebrações.


Da mesma forma, dentro de cada um de nós, basta retirar o papel de decisor à Mente e entregar-lhe somente os procedimentos técnicos e administrativos.


Para conseguirmos fazer isso, é necessário perceber como é que a energia opera dentro de nós. Que centros energéticos funcionam de forma consistente e que centros são permeáveis ao exterior? Que canais estão ativados e como nos impulsionam energeticamente? Qual a autoridade que temos de escutar para conseguir tomar decisões corretas e seguras?


A força vital de cada ser humano deve ser respeitada. Se abrirmos uma represa e não houver condutos por onde a água possa circular, damos origem a uma inundação que pode causar danos irreparáveis.


Infelizmente, a nossa Mente tem a tendência de abrir represas sempre que toma iniciativas que não vão ao encontro da nossa verdadeira essência.




Cerca de metade da população tem como autoridade interna de decisão o Plexo Solar. A outra metade, embora não possua essa autoridade emocional, é amplamente influenciada por ela.


A forma de aceder ao potencial desta autoridade é simplesmente esperar. Isto é algo que nenhum ser humano aceita facilmente. Num mundo que nos impele à velocidade, esperar para tomar decisões não é fácil, tal como não o é assumir que a tomada de decisões deverá ser puramente emocional e não racional.


Como já mencionei acima, o Plexo Solar está a desenvolver-se como centro de consciência do espírito. Esse processo envolve uma mutação que está prestes a ocorrer e que vai mudar a forma como todos vivemos neste planeta.


As convulsões que estão a acontecer no mundo estão de certa forma a preparar caminho para esta forte mudança.


A responsabilidade de tomarmos decisões corretamente, honrando o Plexo Solar quando este é a nossa autoridade, pode mudar o mundo, pois trará um alinhamento imediato ao fluxo da vida.


Em período de revoluções e convulsões sociais, a maior e mais profunda revolução é porventura esta: ama-te a ti mesmo, honrando o funcionamento da tua energia e respeitando a tua autoridade.




Todos os que não possuem o Plexo Solar como autoridade interna para a tomada de decisões, precisam de afastar-se da energia emocional e mental para escutar as suas próprias autoridades, aprendendo a fazer um trabalho de discernimento acerca das emoções que são suas e das que não são.


A autoridade Sacral e a autoridade Esplénica decidem no agora. O Centro Sacral é um centro motor que responde a estímulos. Já o Centro Esplénico é um centro de consciência corporal, instintiva, orientada para a sobrevivência.


Outros tipos de autoridade interna, como o Centro do Ser ou o Centro do Coração e Ego, são mais raras, bem como as autoridades externas dos Projectores Mentais (o ambiente) ou dos Reflectores (o ciclo lunar).


Em qualquer caso, a Mente nunca é a autoridade interna para a tomada de decisões. E só quando a libertamos desse peso é que podemos alinhar-nos com a nossa essência e o nosso propósito.


Cada pessoa que viva em alinhamento tem o potencial de alinhar as pessoas à sua volta. Assim se faz uma revolução silenciosa e altamente eficaz. Assim se traz o verdadeiro Amor ao mundo.



Queres fazer parte desta revolução?


Estamos a viver um período fascinante de descobertas acerca do que é ser-se humano. Há um conhecimento revolucionário e inovador que, através de um trabalho prático, nos pode conduzir para uma verdadeira revolução espiritual.


Sem deuses nem gurus, a mestria revela-se apenas num local: dentro de ti. O caminho foi determinado pelas estrelas, mas a jornada é somente tua.


Sabe mais aqui:


>>> O Caminho das Estrelas - a tua jornada com o Human Design



* o Rave Bodygraph é marca registada da Jovian Archive


>> Subscreve aqui a newsletter do YourSELFStory para receber conteúdos exclusivos.

O que dizem desta newsletter:

"Cada newsletter é sempre uma boa surpresa e escrita numa linguagem doce e maravilhosa que nos enche a alma."

“Tanta LUZ!”

"Ler esta newsletter é um bálsamo para a alma e um elixir de renovação para o coração!"

“Espectacular!”

“Obrigada por seres este veículo de descoberta e autoconhecimento.”

“Wow! Adorei!”

“Susana, todas as suas mensagens vêm mesmo no momento certo.”

“Emocionante.”

“Estás a funcionar como um despertador!”

“Lindo!”

159 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo