• Susana de Sousa

Desmistificando a Aura...

au·ra

(latimaura, -ae)

nome feminino

1. [Linguagem poética] Vento brando e agradável. = ARAGEM, BRISA

2. [Medicina] Sensação, física ou psicológica, que precede um ataque ou uma crise de uma doença geralmente neurológica (ex.: aura epiléptica; enxaqueca com aura).

3. Suposta emanação fluídica que se crê emanar e ser parte essencial de um ser vivo.

4. [Figurado] Boa aceitação ou popularidade (ex.: o coliseu gozava então de grande aura; a aura popular foi passageira). = APLAUSO, FAVOR

5. [Figurado] Ambiente psicológico que parece envolver ou influenciar algo ou alguém (ex.: o lugar estava envolto numa aura de mistério; os efeitos sonoros contribuem para aumentar a aura de terror). = ATMOSFERA, CLIMA


aura vital Ar expirado. = ALENTO, HÁLITO, RESPIRAÇÃO

"aura", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020


Dos significados acima, o 3º é o que mais se aproxima da definição de aura à qual me vou referir neste artigo. No entanto, "suposta emanação fluídica que se crê emanar..." não é uma expressão que honre a importância da aura.


Sendo impossível de ver a olho nu, a aura ficou no limbo dos conceitos místicos que requerem validação. Só que a aura está na base onde assenta todo o sistema de Human Design, e cada experiência de cada pessoa que vivencia o sistema vem validar a sua importância.


De acordo com o Human Design, a aura é o campo electromagnético que rodeia tudo o que vive. Nos seres humanos, este campo é determinado pelas ativações genéticas do nosso corpo e vai além dele, interagindo com tudo o que toca.


Lidamos com o outro através da aura e recebemos o mundo em nós pela mesma via.


Há quatro Tipos de aura: a aura aberta e envolvente do Gerador, a aura focada e absorvente do Projector, a aura fechada e repelente do Manifestador e a aura resistente e de amostragem do Reflector.


O Tipo está na base do sistema de Human Design e expressa-se através da aura. Consoante a aura, o modo de interagir com a Vida, connosco próprios e com os outros será diferente. Por isso, para cada Tipo há uma estratégia específica para honrar a sua singularidade.


"As auras são uma expressão plena do ser e um agente controlador do modo como a forma vai funcionar. As auras são o modo como nos ligamos ao outro e como somos experienciados por ele". Ra Uru Hu, Fundador do Sistema Human Design

Os Tipos resultam das ativações presentes em cada ser. Essas ativações criam uma Definição ao ligar os Centros Energéticos entre si. Há nove Centros Energéticos e as possibilidades de serem ativados variam. O único Tipo que não possui qualquer Centro ativado é o Reflector, mas também este Tipo possui ativações que lhe conferem singularidade.


Para os quatro Tipos, há dificuldades em viver de acordo com a sua aura. O modo como somos educados faz-nos criar resistências ao nosso funcionamento natural. Tudo seria bem mais simples se nos rendêssemos à aura. Mas quem se irá render a uma "suposta emanação fluídica" da qual nunca se fala?


Se não existisse aura, não teríamos a percepção energética do outro à distância. Descobri isso quando comecei a fazer histórias intuitivas e percebi que não precisamos de estar na presença física do outro para interpretar a sua informação genética e energética.


O simples facto de estares a ler este texto coloca-te na minha aura. Será que consegues captar algo mais além das palavras?


Vamos então identificar as quatro auras dos Tipos sistematizados no Human Design e explorar os segredos do funcionamento humano.


Uma pequena nota: os Centros Energéticos podem estar ativados ou não. Centros ativados funcionam de forma fixa, enquanto centros não ativados funcionam como receptores. Em nenhum dos casos há mais benefícios: cada pessoa tem as ativações que precisa para viver de acordo com o seu Propósito. Estas dinâmicas particulares são exploradas nas análises de Human Design.



O Gerador



Para a aura do Gerador, inspirei-me nas flores. Confesso que não fui eu que criei esta analogia, mas sim vários Projectores para quem fiz histórias intuitivas e que nas suas histórias cuidavam de flores - estas só podiam ser os Geradores!


Faz sentido, pois tal como as flores atraem para si as abelhas e outros polinizadores, também os Geradores estão constantemente entregues a um trabalho de atração: atraem para si pessoas e situações.


A aura do Gerador é um íman. É envolvente e aberta, pois o Centro Sacral do Gerador anseia por envolver a sua força de vida na criação de algo. Tal como as flores desejam ser fecundadas, também os Geradores querem ser solicitados através da pergunta ou do estímulo corretos, de modo a envolverem-se com a própria vida.


Quando comprometem a sua energia vital nalgum processo que é correto para eles, os Geradores sentem-se satisfeitos a produzir aquilo que amam.


Para que a aura possa fazer este trabalho de atração, os Geradores não devem gastar a sua força vital a tomar iniciativas. Devem aprender a aceitar que a sua aura está aberta, como a corola de uma flor. Cada gota de orvalho e cada raio de sol são uma bênção, à qual a flor responde. Ao tocar essas partes da Natureza, a flor envolve-se com a totalidade. Oferece o seu perfume e recebe o calor, a humidade, o pólen de outras flores...


Nessa troca, a flor tem a oportunidade de descobrir quem é. Ela aprende sobre si mesma ao observar a forma como responde aos estímulos da Mãe-Natureza.


Tal como as flores, os Geradores estão interessados em saber quem são.


Se és Gerador, a jornada de autoconhecimento proposta pelo Human Design é feita à tua medida. É uma aventura que te permite aprender a lidar com a tua maravilhosa e atractiva aura, para que sintas a satisfação de descobrir quem verdadeiramente és.



O Projector




Escolhi para o Projector imagens que me suscitam conhecimento, informação, energia e sabedoria. Este é o Tipo mais recente e o que está melhor preparado para ser líder no futuro.


Os Projectores possuem uma aura focada e absorvente. O seu foco nunca está em si próprios, mas nos outros. Têm o dom de ler a energia dos outros Tipos e estão particularmente desenhados para trabalhar com Geradores.


O seu foco é tão intenso que quando "invadem" o espaço do outro sem serem convidados sentem uma amarga rejeição. Para eles, a chave está no reconhecimento do outro, e idealmente, esse reconhecimento deve ser formal.


Quando convidados a entrar na energia da outra pessoa da forma correta, tornam-se verdadeiros líderes e sentem o sabor do sucesso.


No entanto, a energia dominante no mundo é a energia dos Geradores, e um Projector que não saiba como é suposto funcionar, pode facilmente tornar-se escravo, pois a sua tendência será viver como um Gerador.


Se és Projector, o sistema de Human Design é certamente aliciante para ti, pois dá-te ferramentas para conheceres melhor os outros. Certamente já sentiste desconforto ao focar a tua energia nas pessoas erradas. Só quando te sintonizas com o funcionamento da tua aura poderosa é que consegues eliminar a amargura e alcançar o sucesso.



O Manifestador


A aura do Manifestador é talvez a mais mal compreendida. Fechada e repelente são duas características que à partida parecem estranhas, mas já vais perceber que há um motivo muito especial para isso.


Escolhi búzios para representar os Centros Energéticos e a aura do Manifestador. Inspirei-me na minha sobrinha, que é Manifestadora e adora a Natureza. Mesmo no Inverno, entra sempre no Mar quando vamos passear à praia. Faz parte da Natureza de uma forma muito orgânica e muito livre.


Tal como os Projectores, os Manifestadores não têm o Centro Sacral ativado, pelo que são susceptíveis à energia de trabalho dos Geradores, correndo o risco de fazer mais do que aquilo que seria saudável para eles.


Os Manifestadores são seres enérgicos, à semelhança do oceano, mas como esta força da Natureza devem aprender que há momentos de ondulação e momentos de acalmia. A energia nem sempre estará disponível para os seus processos.


Também à semelhança do que sucede no oceano, no qual o rebentar da onda tem um impacto poderoso, sempre que um Manifestador entra em ação acontece um movimento que não é possível ignorar. Não há nada mais poderoso do que um Manifestador a iniciar algo que é correto: é como a onda que conduz uma frota de barcos a um porto seguro. Mas o inverso também é verdadeiro.


A aura do Manifestador precisa de estar fechada para que ele possa fazer o que é suposto fazer: empurrar a sua energia para fora, de modo a tomar iniciativas de forma independente. É aqui reside a particularidade deste Tipo: o Manifestador é o único Tipo que está desenhado para iniciar. Todos os outros Tipos invejam esta capacidade do Manifestador. Afinal, vivemos num mundo que nos impulsiona a ser pró-ativos.


No entanto, os Manifestadores são tão reprimidos ao longo da vida que quando chegam à idade adulta muitas vezes não conseguem iniciar. Precisam de reaprender a respeitar a sua aura impactante e a permitir-se lidar com os outros com diplomacia e verdade, para remover a fúria e a raiva dos seus relacionamentos.


Se és Manifestador, o sistema de Human Design vem mostrar-te como és um ser especial e único. Há uma fórmula para que encontres a paz e a liberdade que tanto procuras, abrindo caminho para que vivas uma vida sem resistência.



O Reflector



Para o Reflector escolhi cristais transparentes, como espelhos que refletem as energias envolventes mas depois as libertam, retirando amostras. Os cristais são resistentes, tal como a aura do Reflector, que avalia as outras auras sem se deixar envolver na sua frequência.


O Reflector é o Tipo mais raro. Não possui nenhum Centro Energético ativado. Isso quer dizer que todos os seus Centros são espaços de receptividade. Captam a energia que vem do exterior, permitindo ao Reflector analisar e julgar os ambientes onde está inserido e as pessoas que o rodeiam.


Esta abertura faz com que o Reflector esteja constantemente a ser surpreendido ou desiludido pela vida.


Os Reflectores são seres que vivem uma conexão profunda com a Lua, o que lhes confere um misticismo muito especial. Nenhum outro Tipo está mais equipado a tornar-se uno com a Totalidade.


No entanto, a grande maioria dos Reflectores vive de forma homogeneizada. Não conhecer a sua aura e o seu funcionamento único, leva-os a viver mergulhados na ilusão que captam pelos seus centros abertos. Sem conseguirem distinguir o que é deles e o que é dos outros, perdem-se no caos colectivo, como um conjunto de cristais que ao reflectir as luzes envolventes permanece agarrado a elas acreditando que "isto sou eu".


Se és Reflector, o Human Design tem para ti uma proposta entusiasmante: conhecer a fundo o mapa que te permite explorar as várias potencialidades do fluxo da vida, para que aprendas a avaliar com imparcialidade a expressão única dos que te rodeiam.




"Num mundo perfeito, os Manifestadores iniciam as coisas; os Projectores orientam o processo; os Geradores fornecem a energia para o realizar ou completar; e os Reflectores dizem-lhes como o processo está a decorrer." Lynda Bunnell, Directora da International Human Design School



A tua aura é única


Todos somos diferentes - esta é a base do Human Design. A tua aura é diferente de todas as outras auras e tem um potencial único.


Ao iniciar a jornada com o Human Design, começas a despertar para a tua verdadeira natureza e tornas-te o Ser que verdadeiramente és. Essa é a magia da Vida: o encontro contigo, o regresso à tua essência. Para conseguires fazê-lo, apenas tens de perceber a forma de funcionamento da tua aura única e diferenciada.

Clica no link e descobre mais:


>>> O Caminho das Estrelas - a tua jornada com o Human Design


* "O Livro Definitivo do Human Design - a ciência da diferenciação" Lynda Bunnell e Ra Uru Hu


**o Rave Bodygraph é marca registada de Jovian Archive e foi nele que me inspirei para as imagens deste artigo



>> Subscreve aqui a newsletter do YourSELFStory para receber conteúdos exclusivos.

O que dizem desta newsletter:

"Cada newsletter é sempre uma boa surpresa e escrita numa linguagem doce e maravilhosa que nos enche a alma."

“Tanta LUZ!”

"Ler esta newsletter é um bálsamo para a alma e um elixir de renovação para o coração!"

“Espectacular!”

“Obrigada por seres este veículo de descoberta e autoconhecimento.”

“Wow! Adorei!”

“Susana, todas as suas mensagens vêm mesmo no momento certo.”

“Emocionante.”

“Estás a funcionar como um despertador!”

“Lindo!”

145 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo