top of page

O despertar do Gerador com o Human Design


Esgotados, sem vontade de agir, aprisionados em trabalhos frustrantes, os Geradores ficam incrédulos quando descobrem que têm acesso privilegiado à Força Vital. Como é possível que a maioria de nós tenha perdido essa conexão tão preciosa e se sinta completamente desprovida de energia?


O Gerador é o Tipo que está desenhado para abraçar a Vida em toda a sua potencialidade, para receber de braços abertos tudo o que a Vida tem para lhe oferecer, sem precisar de definir intenções ou de tomar de iniciativas. Só que quando a Vida chega, encontra um Gerador escravizado, drenado, incapaz de receber o que lhe é oferecido por estar preso a coisas que não lhe pertencem.


Não podemos falar do Tipo Gerador sem nos determos no Centro Sacral, o centro da energia, do trabalho, da sexualidade. É o principal motor do nosso corpo e é dele que nasce o magnetismo do Gerador e a sua capacidade de produção.


Sendo o único Tipo com o Centro Sacral definido, isto é, ativado de forma consistente e fixa, o Gerador é responsável pela frequência global do planeta.


O Gerador é o arquétipo do Construtor: a força produtiva que cria, faz e movimenta o mundo. A sua aura envolvente, magnética, é apetecível para os outros Tipos, que carecem deste acesso consistente à energia.


Em virtude do acesso consistente à energia, e por ser a força dominante do planeta (cerca de 66% da população mundial), criou-se a noção de que o normal é sermos todos uma força produtiva.


Esta noção é prejudicial quer para os outros Tipos, que só têm a beneficiar quando entendem que o seu propósito não é esgotar-se a trabalhar, quer para o próprio Gerador, que beneficia bastante quando os outros três Tipos exercem as suas funções corretamente.


Não há nada mais satisfatório para um Gerador do que produzir algo corretamente após ter sido iniciado por um Manifestador, ou devidamente guiado por um Projector, e ajuizado por um Reflector.


No entanto, vivemos num planeta de Geradores frustrados com o seu trabalho e com as suas vidas, emitindo uma frequência energética que em nada é correta.


Como chegámos aqui?


Desrespeitando o Centro Sacral, devido ao condicionamento que nos impele a trabalhar mais e mais depressa, para satisfazer expectativas dos chefes, das instituições, das famílias ou da sociedade em geral.


Desrespeitando o Centro Sacral, ao forçá-lo a usar energia que não está disponível para certas tarefas, porque tem de ser (só dentro da nossa cabeça!).


Desrespeitando o Centro Sacral, porque a Mente comanda a Vida, e a Mente tem planos bem definidos para atingir níveis de sucesso… que em nada satisfazem o Gerador.


Se és do Tipo Gerador e queres saber o que é frustração, experimenta criar listas de objectivos e faz tudo para concretizá-los. Usa a miraculosa Lei da Atração e da Manifestação. Vais perceber que mesmo após a concretização de objectivos a frustração persiste.



Não inicies pela Mente


A tua aura não te protege quando tomas iniciativas, e o teu Centro Sacral perde toda a sua potência quando usas a sua preciosa energia para alimentar os objectivos da tua Mente.


A magia do Gerador é saber viver em resposta. A Vida coloca o Gerador em movimento através de estímulos que ativam a disponibilidade energética do Centro Sacral.


Numa espera ativa e atenta, o Gerador só precisa de estar em sintonia com quem é, livre de condicionamento externo.


Se não tiver nenhum centro motor ligado ao Centro da Garganta, o Gerador deve esperar que a vida lhe vá trazendo estímulos para avançar nas várias etapas, passo a passo, relaxando quando tem de ficar num patamar à espera de um impulso energético para poder prosseguir. É assim que o Gerador Puro vai aperfeiçoando e dominando as suas competências e projectos.


Se o Gerador tiver um dos centros motores ligados à Garganta, sempre que entra em resposta tem a capacidade de passar imediatamente à manifestação, o que lhe traz o dom da eficiência. Contudo, deve acautelar-se com a tendência de saltar etapas importantes, o que o pode obrigar a ter de voltar atrás. Esta enorme eficiência do Gerador Manifestante leva-o a ser mais impaciente no processo de esperar para responder à vida.


Em ambos, o Centro Sacral só funciona corretamente em resposta, e tudo o mais é desperdício energético e conduz à escravidão.



Diz "NÃO" quando é correto para ti


O Centro Sacral só está interessado numa simples coisa: "tenho energia para isto?"; "há dentro de mim disponibilidade energética para esta situação?".


A partir do momento em que a Vida te traz um estímulo, precisas de perceber se o Centro Sacral tem energia para seguir aquele estímulo particular. Se tiver, excelente! Vai e faz. Por mais desafiante que possa ser o projecto, a relação ou a atividade, sentirás Satisfação no processo.


Aprender a dizer“não” às coisas que não trazem vitalidade ao teu Sacral é o primeiro passo na jornada de encontro a ti e a única forma de libertares a frustração.


Observa as tuas respostas sacrais. Se a Mente se opõe ao Sacral, provavelmente é um SIM. Avança sem medos.


“Temos vida neste planeta por causa do Sacral. Se os Geradores aprenderem a esperar para responder, deixarão de ser escravos do condicionamento. Darão as suas próprias grandes contribuições e irão desfrutar de uma vida de satisfação em vez de estarem cheios de frustração” Ra Uru Hu.


Ser Gerador é uma experiência mágica. É imprevisível e requer uma confiança absoluta na Vida. Essa confiança adquire-se na prática, ao observares as tuas respostas sacrais.


Cada Gerador é único, e a sua forma de responder à Vida pode ser lida no gráfico individual.


Se ainda não conheces a tua, descobre como aqui:


>>> a jornada de Despertar com o Human Design



Novidade


* a Mandala e o Rave Bodygraph são marca registada da Jovian Archive

 

>> Subscreve aqui a newsletter do YourSELFStory para receber conteúdos exclusivos.

O que dizem desta newsletter:

"Cada newsletter é sempre uma boa surpresa e escrita numa linguagem doce e maravilhosa que nos enche a alma."

“Tanta LUZ!”

"Ler esta newsletter é um bálsamo para a alma e um elixir de renovação para o coração!"

“Espectacular!”

“Obrigada por seres este veículo de descoberta e autoconhecimento.”

“Wow! Adorei!”

“Susana, todas as suas mensagens vêm mesmo no momento certo.”

“Emocionante.”

“Estás a funcionar como um despertador!”

“Lindo!”

"Adoro a tua escrita! Tão poética e bela, fico com um senso tão maravilhoso das coisas pela forma como te exprimes."

82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page