top of page

Um convite para o Projetor


Amargurado, depois de ter tentado mostrar como se devem fazer as coisas, o Projetor interroga-se: “por que não me ouvem?”.


Internamente, sabe que está cá para guiar os outros, mas a falta de reconhecimento é terrível. Além disso, a sua auto-estima sofre com a sua incapacidade de produzir tanto como os outros. Faz tudo para compensar aquilo que considera ser uma falha sua, e acaba drenado ou doente.

Acaba por tentar a todo o custo satisfazer as expetativas dos outros, e muitas vezes toma iniciativas, tentando impor a sua orientação, numa busca dolorosa por reconhecimento, que acaba sempre em amargura.

O que muitos Projetores não sabem, é que têm demasiado poder e demasiada vulnerabilidade. Um poder que advém da sua aura focada, capaz de penetrar na essência dos outros e de saber exatamente qual o modo de trazer eficiência às suas vidas. E uma vulnerabilidade que resulta da sua falta de filtro áurico e da necessidade de aprender a usar a própria energia.


Como está desenhado para ser condicionado, o Projetor é o Tipo que mais precisa de estar atento às pessoas que deixa entrar na sua aura, pois esta não tem a capacidade de protegê-lo. Além disso, tenta a todo custo ser como o Gerador, usando a sua energia para produzir, em vez de usar a sua sabedoria para guiar as pessoas certas.

A solução é bastante simples:


1º Seguir a Estratégia de Vida: esperar o convite

2º Seguir a Autoridade

3º Descanso, descanso, descanso


O Convite aplica-se apenas às decisões importantes, como: “que trabalho exercer?”; “onde devo viver?”, “com quem me devo relacionar?”.


Estando tão focado no outro, dificilmente o Projector consegue encaixar as Pessoas na categoria “Precisa de convite”.


Amigos, parceiros de trabalho e parceiros amorosos, todos precisam de convidar o Projetor para a relação.


Exceção: um Projetor pode convidar outro Projetor, desde que haja reconhecimento mútuo.


O convite deve depois passar pelo crivo da Autoridade: Emocional, Esplénica, do Ego, do Ser ou do Ambiente.


Uma vez aceite o Convite, o Projetor já pode tomar certas iniciativas pequenas, como convidar os amigos para um passeio ou fazer uma proposta profissional dentro um projeto. Desde que perceba que não está cá para trabalhar como um Gerador, poderá guiar com elevada eficácia a energia dos outros que o reconhecem para tal.

Assim, estará a usar a sua poderosa aura focada da forma correta, com as pessoas para as quais está desenhado para interagir. Vai sentir-se revitalizado e cheio de sucesso.


É importante também que o Projetor perceba se os outros o reconhecem verdadeiramente, ou se a relação é demasiado unilateral.


O Reconhecimento que advém das pessoas erradas acaba por traduzir-se em amargura. O Projetor tem de esperar ser convidado pelas pessoas corretas, e por isso a sua Autoridade é a sua bússola.

Confiando que a Vida sabe o que faz, o Projetor que aprende a relaxar na espera e confia na sua Autoridade vai perceber que tem diante de si alguém que lhe traz um acervo de conhecimento enorme sobre si próprio, colmatando outra das suas vulnerabilidades: o Projetor não se consegue ver a si mesmo.

Mas o outro, aquele outro que reconhece o Projetor e que o convida para uma jornada a dois, permitindo-se ser guiado, devolve-lhe a sua própria verdade essencial.


E se o Projetor só chega à sua verdade através do outro, quando domina um sistema que lhe permite conhecer o outro, sabe que tem nas mãos a chave do sucesso.


Como é que o Projetor funciona em relação aos outros Tipos?

Projetor - Gerador


O Projetor deve esperar que o Gerador faça o convite para ser guiado, e tem de estar atento para saber sair da energia do Gerador. Esta é demasiado apelativa, mas em excesso não é saudável.


Lembrando que o Gerador só acede à sua verdade através da resposta sacral, o Projetor deve fazer perguntas fechadas ao Gerador. Ler a resposta do Gerador é perceber se ele tem a energia para o processo.


Se o Gerador tiver Autoridade Emocional precisa de tempo para chegar à sua verdade.


Sabe mais sobre o Gerador aqui.


Projetor - Manifestador


O Projetor deve esperar que o Manifestador inicie o Projetor numa conversa ou ação. O Manifestador gosta de ser informado acerca do seu impacto, e o Projetor pode ajudá-lo a perceber esse impacto. Se o Projetor estiver a ser impactado pelo Manifestador, deverá informá-lo.


Sabe mais sobre o Manifestador aqui.


Projetor - Projetor


Nesta relação tão especial entre dois seres do mesmo Tipo, tem de existir reconhecimento de parte a parte. O Projetor deve convidar o Projetor a partilhar a sua visão. Dois Projetores em parceria precisam de respeitar muito o tempo de descanso.

Projetor - Refletor


O Projetor pode iniciar o Refletor ao incluí-lo no esquema geral das coisas. O Refletor gosta de perceber qual o seu papel na comunidade, mas tende a perder-se no condicionamento. Ajudar o Refletor a ocupar o seu lugar, permite que ele reflita como estão a correr as coisas no ambiente.


Sabe mais sobre o Refletor aqui.



A espera


Quando o Projetor percebe que a sua Estratégia de Vida é esperar por um convite, a primeira sensação é de desespero e de vulnerabilidade. Mas essa sensação é fruto de um longo processo de condicionamento.


A Mente já tem planos definidos, e o Human Design vem mostrar um novo caminho. É como se a Mente tivesse planeado uma viagem e de repente lhe dissessem que o voo foi cancelado e que há uma nova oportunidade, não se sabe bem quando, nem para onde, nem em que condições.


A um nível profundo, talvez o Projetor consiga reconhecer que esta nova oportunidade será mais rica e autêntica, mas a Mente vai estrebuchar durante algum tempo com o processo de espera.


Trata-se de um processo de grande rendição à Vida.


"Recebi um e-mail de alguém novo no Human Design que é um Projetor, que deu a impressão de que pode ter de esperar anos e anos por um convite. Que pode ter de esperar o resto da sua vida por um convite. E o que lhe escrevi de volta foi isto: "Se estiveres totalmente empenhado e rendido ao que é ser um Projetor, os convites estão lá o tempo todo", quer dizer, estão lá o tempo todo. Não é como se eles viessem apenas de vez em quando, ou uma vez na lua azul.


Sim, há convites especiais... Para o Amor, para a Carreira, para a Amizade. Estes convites que são realmente significativos não acontecem necessariamente todos os dias. Mas quando estás realmente dedicado ao teu processo de Projetor, o que consegues ver é que ao não correr às cegas, perseguindo as coisas, começas a ter consciência da quantidade que coisas que estão a vir na tua direção. Porque é isso que acontece.


E este é o tema: como Projetor precisas de render-te ao processo para ver que ele está lá. Está lá, está tudo à tua volta.


Estou sempre a repetir, dia após dia, que a vida entrega. Estamos tão condicionados a achar que a vida é algo pelo qual temos de lutar, que temos de nos esforçar para obter, e todas essas coisas. E não é assim...". Ra Uru Hu


Começa a tua jornada rumo ao sucesso


Se és Projetor, convido-te a uma pequena reflexão:

- Quais as pessoas da tua vida que te trazem uma doce sensação de sucesso?


- Quem te drena e te faz sentir que não és valorizada(o)?

- Que sistema de conhecimento mais te fascina?


- Consegues imaginar-te a dominar esse sistema e a ser paga(o) pelo valor que trazes aos outros, em vez de pelas horas de trabalho?

Permite-te brilhar quando te reconhecem pelos talentos e visão, sabendo que estás a contribuir com a tua sabedoria para mudar o mundo.


E enquanto esperas aquele convite especial, simplesmente descansa. A vida está sempre a trabalhar para ti. Não alimentes a tua mente que te tenta desvalorizar pela tua falta de energia. Se passares um dia inteiro na cama sem te martirizares por isso, lembra-te que essa é muitas vezes a tua forma de construir algo positivo no mundo.


Lembro-me de uma cena da história "O Pássaro de Ouro" (na Maçã Dourada), em que o protagonista faz com que uma Montanha desapareça enquanto dorme. Outras forças operam em seu benefício quando ele se rende à Vida.


Descansa, e aproveita os teus dons maravilhosos numa jornada rumo ao sucesso.

Cada Projetor é único, e a sua forma de melhor guiar os outros pode ser lida no gráfico individual. Se ainda não conheces a tua, convido-te a descobri-la aqui:



* a Mandala e o Rave Bodygraph são marca registada da Jovian Archive



Susana de Sousa Human Design

Susana de Sousa Human Design

O que dizem desta newsletter:


"Cada newsletter é sempre uma boa surpresa e escrita numa linguagem doce e maravilhosa que nos enche a alma."

“Tanta LUZ!”

"Ler esta newsletter é um bálsamo para a alma e um elixir de renovação para o coração!"

“Espectacular!”

“Obrigada por seres este veículo de descoberta e autoconhecimento.”

“Wow! Adorei!”

“Susana, todas as suas mensagens vêm mesmo no momento certo.”

“Emocionante.”

“Estás a funcionar como um despertador!”

“Lindo!”

"Adoro a tua escrita! Tão poética e bela, fico com um senso tão maravilhoso das coisas pela forma como te exprimes."

306 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page